Última Hora

Club Sportivo Sergipe é campeão estadual de 2018

Por: Barroso Futebol Sergipano - March 10, 2016

Time rubro fatura o título jogando com o regulamento ao seu favor

Por: Rômulo Oliveira / Redação Futebol Sergipano

A equipe do Sergipe repetiu o triunfo de 2016 e sagrou-se campeão do Sergipão Loterias Caixa 2018. Na tarde deste sábado, 14, o time comandado por Elias Borges jogou com o regulamento na mão: segurou mais um empate, desta vez por 0 a 0, e sagrou-se campeão estadual. O duelo aconteceu na Arena Batistão, que recebeu um público de pouco mais de nove mil pagantes – não havia mais espaços nas cadeiras brancas e muito pouco nas cadeiras vermelhas, estas destinadas aos torcedores rubros.

Com o título, o Mais Querido vai colocar um bom dinheiro no cofre: só da FSF, R$ 100 mil; além de mais R$ 1 milhão em 2019, fruto do calendário com Copa do Brasil e fase de grupos da Copa do Nordeste. Por outro lado, o Itabaiana ficará com R$ 50 mil, devido ao vice-campeonato.

O JOGO

Diante de um público bonito, que encheu as dependências do lado rubro, o Sergipe partiu para o ataque: logo aos 45 segundos, Natan cruzou da esquerda, mas Nino não alcançou na pequena área. Aos seis, em boa arrancada pela esquerda, Carlinhos chutou e Andrade fez boa defesa.

Depois desta pressão inicial, só deu Itabaiana na partida. Aos 23, Ratinho cobrou escanteio da esquerda e Ramon passou batido com o gol aberto. Dois minutos depois, Igor cobrou falta, Diego subiu sozinho e a bola passa rente ao gol. Aos 37, Ratinho cobrou escanteio da esquerda, Paulinho Macaíba cabeceou e Jean espalmou em cima da linha.

Precisando do resultado, o Itabaiana continuou pressionando. Mas a bola teimava em não entrar. Aos 42, Anderson Grafite fez fila e, na entrada da área, chutou rasteiro: Jean espalmou; na sobra, Eduardo desperdiçou a chance de abrir o placar para o Tricolor da Serra.

No segundo tempo, os técnicos de Itabaiana e Sergipe deram mais gás ao ataque: o Tricolor colocou o atacante Douglas no lugar do também atacante Grafite; o time rubro tirou o meia Natan e colocou o atacante veloz Marquinhos do Sul.

E, se aos 8 minutos, o árbitro não viu o pênalti de Brendon em Igor Alves do Itabaiana, por outro lado marcou o pênalti de Hugo sobre Marquinhos do Sul do Sergipe. Mas, na cobrança, Nino Guerreiro encheu o pé e mandou por cima da meta de Andrade.

Ainda ciente de que precisava da vitória para conquistar o título, o Itabaiana colocou pressão. Mas, assim como no primeiro tempo, a bola teimava em não entrar. Aos 18 minutos, Gustavo arrancou pela esquerda e cruzou, mas Douglas chegou atrasado. Aos 42, Igor Alves cobrou falta com categoria e acertou o travessão.

Ainda sobrou tempo para o Sergipe ameaçar a meta do gol de Andrade, quando, no minuto seguinte, Marquinhos do Sul arrancou pela direita, entrou na área e chutou cruzado, obrigando a defesa de Andrade. Restou, enfim, o Sergipe administrar o resultado e comemorar o 35º título estadual.

Outras Categorias:
Barroso Futebol Sergipano
Radialista e jornalista Barroso Guimarães começou no rádio esportivo em 1986, na Liberdade AM, na equipe esportiva de Carlos Magalhães.