Capa » Classificação » Confiança decepciona torcida e perde para o São Bento: 2 a 0

Confiança decepciona torcida e perde para o São Bento: 2 a 0

Time azulino joga mal e perde por 2 a 0 para o São Bento

Por: Rômulo Oliveira / Redação Futebol Sergipano

A torcida do Confiança fez uma bela festa para os jogadores. Uma multidão tomou a rua que dá acesso ao estádio para dar o incentivo necessário ao time. A festa estava programada: bandeira, fogos de artifício e carro de som. Um incentivo a mais para conquistar a vitória dentro de campo.

E, dentro do estádio, a massa proletária não fez feio: lotou, deixando uma mínima parte para a diminuta torcida do São Bento. E, durante os 90 minutos, não parou de apoiar a equipe: soltou fogos, gritou pelo Dragão e apoiou o time até o fim.

Mas, dentro de campo, a equipe proletária não correspondeu a expectativa da torcida. O São Bento mostrou que não é, à toa, o melhor time desta Série C: venceu o Confiança por 2 a 0, gols de Anderson Cavalo e Everaldo. A partida foi válida pelo jogo de ida das quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série C.

No próximo domingo, 24, às 19h, as equipes voltam a se enfrentar pelo jogo de volta das quartas da Série C. Caso o Confiança devolva os 2 a 0, a vaga na Série B e nas semifinais da Terceirona será decidida nos pênaltis. Caso o Confiança vença por, no mínimo, três gols de diferença, garante vaga na Série B e nas semifinais.

O JOGO

O Confiança começou sob pressão em busca do gol. Aos 10 minutos, Felipe Cordeiro arrancou pela direita e cruzou: Rafael Villa mergulhou, de cabeça, e a bola passou rente o gol. Aos 13, em nova jogada pela direita, Felipe Cordeiro passou por dois e soltou a bomba: Rodrigo Viana espalmou a bola.

Apesar da pressão, o Confiança relaxou na marcação. E, em vacilo da defesa, tomou o primeiro gol. Aos 16 minutos, Marcelo Cordeiro cruzou e, friamente, Anderson Cavalo dominou no peito e chutou na saída do arqueiro Genivaldo: 1 a 0.

No minuto seguinte, nova cochilada da defesa proletária e mais uma bola no fundo do gol de Genivaldo. Everaldo recebeu na área e chutou na saída do goleiro do Confiança: 2 a 0, e festa do time sorocabano em apenas 17 minutos de jogo.

O Confiança sentiu o segundo gol e não foi preciso nas finalizações. A melhor chance após o 2 a 0 foi aos 21 minutos quando Tito chutou no canto e Rodrigo Viana fez uma grande defesa. Enquanto isso, o time sorocabano explorava os erros do time da casa. Aos 40 minutos, Anderson Cavalo recebeu na direita e, mesmo marcado, chutou, mas Genivaldo fez grande defesa.

No segundo tempo, o São Bento era melhor em campo, mas cometia seus vacilos. Aos seis minutos, o Confiança chegou com Diogo que cruzou, Gabriel desviou com o pé e Rodrigo Viana salvou a equipe. Aos 12, Everton Santos entrou área, foi derrubado, mas o árbitro Heber Roberto Lopes mandou o jogo seguir.

Aos poucos, o técnico proletário, Aílton Silva, foi mexendo no time, mas as alterações não surtiram efeito. E a equipe continuou a pecar nos próprios erros. Aos 17 minutos, após cobrança de escanteio, Frontini cabeceou com perigo, mas por cima do gol.

Por outro lado, o técnico do São Bento, Paulo Roberto, fez mudanças que deram mais gás a equipe. Aos 34 minutos, Nilson, que entrou no lugar de Anderson Cavalo, recebeu na direita e chutou, Genivaldo espalmou e, no rebote, Felipe Manoel marcou – mas estava impedido. aos 39, Nilson fez grande jogada e cruzou, a zaga proletária deu bobeira e Branquinho chutou: Genivaldo salvou o que seria o terceiro gol dos visitantes.

 

FICHA TÉCNICA

CONFIANÇA 0X2 SÃO BENTO

Local: Arena Batistão, em Aracaju

Data: 17/9/2017

Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)

Auxiliares: Helton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

Renda e público: não divulgados

Cartões amarelos: Felipe Cordeiro e Gilsinho (CONF); João Paulo, Maicon Souza e Anderson Cavalo (SB)

Gols: Anderson Cavalo, 16´/1ºT – 0X1; Everaldo, 17´/1ºT – 0X2

CONFIANÇA: Genivaldo, Felipe Cordeiro, Gabriel, Anderson e Madona; Diogo (Gilsinho, 12´/2ºT), Rafael Villa, Everton Santos (Léo Ceará, 32´/2ºT) e Álvaro (Thiago SIlvy, 15´/2ºT); Frontini e Tito – Técnico: Aílton Silva

SÃO BENTO: Rodrigo Viana, Muriel, Rogério, João Paulo e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Éder, Everaldo e Maicon Souza (Felipe Manoel, 24´/2ºT); Anderson Cavalo (Nilson, 23´/2ºT) e Caio Cézar (Branquinho, 17´/2ºT) – Técnico: Paulo Roberto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*