Última Hora

Coritiba não corre risco de perder pontos

Por: Barroso Futebol Sergipano - March 10, 2016

coritiba

Ao contrário do que fora anunciado durante toda a semana, a equipe do Coritiba Itabaiana, não corres trisco de perder pontos. Mesmo que venha a ser julgada como será ainda esta semana e venha a ser penalizada, a equipe não perderá pontos como se pensou.

Segundo Rui Carlos, secretário do Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Sergipana de Futebol (TJD-FSF), caso a equipe venha a ser penalizada a pena é uma multa pecuniária, cujo valor varia de R$ 100,00 a R% 100 mil.

A denúncia contra o Coritiba foi protocolada na FSF pelo presidente da Socorrense Washington Alcino, alegando que o massagista do Coritiba, José Augusto Dória na FSF, expulso na partida do dia 19 na presidente Médici, entre Coritiba e Socorrense participou tranquilamente da partida seguinte entre essas mesmas equipes, no dia 22 de janeiro, na cidade de Nossa Senhora do Socorro.

– A lei não permite e a exemplo do que ocorrer com os atletas, os membros de comissão técnica, treinadores, médicos, massagistas e preparadores físicos, quando eliminados de uma partida estão sujeitos ao cumprimento da suspensão automática na partida seguinte, lembrou Washington Alcino, acrescentando que o Coritiba perderia pontos, mas esses pontos não seriam revertidos em favor da Socorrense.

O processo deve ser julgado ainda esta semana, para limpar a pauta e não atrasar o andamento da competição. Mas Ruy Almeida deixou bem claro que o Coritiba dever ser indiciado no artigo 191 – Inciso 3º.  do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), cuja pena é uma multa pecuniária, não sendo estabelecida nesses casos, a perda de pontos.

Sobre o julgamento do Coritiba, o presidente Wilson Jia disse que está tranqüilo, pois não cometeu nenhuma irregularidade e se perder, vai recorrer até onde for possível. Ele disse que não tem o que temer e que seu time não perderá ponto algum. “Eu irei recorrer seja lá aonde for, mas não seremos punidos. Quem quiser ganhar da gente, procure jogar bola e nos derrotar em campo”, disse o dirigente.

Julgamentos – O TJD realiza na noite desta terça-feira a primeira reunião do ano e vários processos envolvendo equipes e atletas profissionais estarão em julgamento, o mais importante deles envolve a equipe do Canindé acusada de ter escalado o atleta Juan sem o devido registro no Boletim de Informações da CBF. O Canindé está no processo nº 004/2014, que tem como relator o Dr. Lucas Batista de Castro e foi indiciado no art. 214 do CBJD.

Outro processo importante é o que envolve a equipe do Olímpico que solicitou afastamento do Campeonato após divulgação da tabela e regulamento. O Olímpico está no processo nº 001/2014, que terá como relator o Dr. João Sobral Garcez Neto e está indiciado no art. 203, §2º do CBJD.

Outras Categorias:
Barroso Futebol Sergipano
Radialista e jornalista Barroso Guimarães começou no rádio esportivo em 1986, na Liberdade AM, na equipe esportiva de Carlos Magalhães.