Última Hora

DRAGÃO GOLEIA GALO CARIJÓ E SE MANTÉM VIVO NA SÉRIE C

Por: Barroso Futebol Sergipano - March 10, 2016

Por Adel Ribeiro

O Dragão do Bairro Industrial conseguiu um feito importantíssimo como manutenção para a Série C do Futebol Brasileiro em 2019. O time comandado por Betinho aplicou 3 a 0 no Atlético Acreano e assumiu a quinta posição na tábua de classificação. O encontro aconteceu na Arena Floresta, em Rio Branco.
 
O foco estava direcionado a uma vitória, mesmo que, fosse simples. Só que o grupo azulino apresentou um futebol com qualidade técnica e tática e saiu da Arena Floresta com uma vitória maiúscula que começou aos 38 minutos da primeira fase com um pênalti cometido em Everton Santos e conferido pelo artilheiro e atacante Léo Ceará. 
Léo comemora com grupo o segundo gol.
Na segunda fase de jogo, o Confiança seguiu as orientações do treinador Betinho e continuou no ritmo esperado pelos torcedores que, em sua maioria torciam por um grande feito azulino. Aos 23 minutos o time aplicou um contra-ataque lançando Léo Ceará, que pela direita entrou na área e chutou forte e rasteiro no canto direito do arqueiro acreano Ruan. Dragão 2 a 0 no Galo Carijó.
 
Durante a partida o comandante Azulino realizou três alterações, sendo que, uma delas foi a saída do artilheiro Léo Ceará para a entrada de Frontini e foi exatamente o camisa 18 o responsavel pelo terceiro gol do clube da zona norte da capital, sacramentando a vitória e permanência na terceira divisão brasileira.

Vila teve Boa adoração atuando pela direita

Um dos destaques da equipe proletária foi o volante Jardel, que fez sua estreia na temporada brasileira após passar mais de um semestre se recuperando de uma cirurgia realizada no joelho e que teve adaptação boa no retorno promoviido pelo treinador Betinho, que depositou confiança no experiente atleta.

Fotos: Manoel Façanha 

Outras Categorias:
Barroso Futebol Sergipano
Radialista e jornalista Barroso Guimarães começou no rádio esportivo em 1986, na Liberdade AM, na equipe esportiva de Carlos Magalhães.