Última Hora

Hora toma posse no CNE

Por: Barroso Futebol Sergipano - March 10, 2016

Em solenidade presidida pelo ministro do
Esporte, Leandro Cruz, o secretário estadual de esportes, Antônio Hora Filho foi empossado como membro efetivo do Conselho Nacional de Esportes (CNE). A solenidade aconteceu na manhã desta segunda-feira, no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro.
Além do sergipano Antônio Hora Filho, representante dos Secretários e Gestores Estaduais e Municipais de Esporte e Lazer, o conselho ganha as participações como seus membros titulares da ex-jogadora de vôlei, Ana Moser, representante da sociedade civil; do presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Paulo Wanderley Teixeira, do secretário-geral da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Walter Feldman; do representante do Fórum Nacional de Secretários Estaduais de Esporte e Lazer, Pedro Antônio de Mello, do representante do Conselho Federal de Educação Física, Sergio Sartori, do representante da CBDU e CBDE, Luciano Cabral e do representante da Organização Nacional das Entidades do Desporto, Humberto Panzetti.
Presidente do CNE, o ministro do Esporte, Leandro Cruz, destacou os avanços obtidos pelo colegiado. “Nos últimos dois anos, o CNE avançou muito, fortalecendo-se como um verdadeiro fórum do debate do esporte brasileiro”, disse, destacando, em seguida, a inestimável colaboração dos conselheiros que estão saindo e desejando as boas-vindas aos que estão se incorporando.
– Essa é uma singela homenagem do CNE aos companheiros que nos ajudaram muito ao longo dos últimos tempos, para que o conselho tivesse se fortalecido e avançado de forma considerável – salientou o ministro.
Discurso – Pela primeira vez um sergipano conquista tal honraria. E Antônio Hora sente-se gratificado pela escolha. No discurso de posse, o secretário fez questão de agradecer à confiança do ministro Leandro Cruz, por indicá-lo para o órgão, destacando sua coragem, no episódio que pôs fim à Medida Provisória 841, que tirava recursos do esporte e os aplicava no recém-criado Fundo Nacional de Segurança Pública.
 – É com muita satisfação que sou empossado e participo pela primeira vez dessa reunião do conselho, principalmente por conta do momento que o desporto passou recentemente. É importante destacarmos aqui, não só a importância, como também a liderança do ministro Leandro Cruz, que arriscou o seu cargo em prol do esporte brasileiro, ao se posicionar publicamente, contrário à MP assinada pelo Presidente da República, Michel Temer = disse Antônio Hora.
Hora destacou também a união das entidades representativas do esporte nacional, enfatizando o empenho do ministro para que esse momento fosse celebrado. “Nós, desportistas, temos a compreensão que em poucos momentos, ao longo da história, se viu algo nessa magnitude. Temos aqui vários setores do esporte unidos, tudo isso é graças a liderança e o desempenho do ministro que em pouco tempo, vem conseguindo fazer mudanças significativas no setor”, concluiu Antônio Hora Filho.
O ministro elogiou a atuação de Antônio Hora à frente da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude de Sergipe.  – — Para nós é uma enorme satisfação, Hora, contar com a sua presença no conselho. Além de ser um esportista de reconhecimento nacional, a sua atuação à frente do esporte em Sergipe comprova não só a sua capacidade de gestão, como também o seu preparo para compor o nosso time- disse Leandro Cruz.
O presidente da Federação Sergipana de Futebol (FSF), Milton Dantas, fez questão de participar da cerimônia, prestigiando a posse do sergipano Antônio Hora.

Em solenidade presidi- da pelo ministro do  Esporte, Leandro Cruz, o secretário estadual de esportes, Antônio Hora Filho foi empossado como membro efetivo do Conselho Nacional de Esportes (CNE). A solenidade aconteceu na manhã desta segunda-feira, no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro.
Além do sergipano Antônio Hora Filho, representante dos Secretários e Gestores Estaduais e Municipais de Esporte e Lazer, o conselho ganha as participações como seus membros titulares da ex-jogadora de vôlei, Ana Moser, representante da sociedade civil; do presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Paulo Wanderley Teixeira, do secretário-geral da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Walter Feldman; do representante do Fórum Nacional de Secretários Estaduais de Esporte e Lazer, Pedro Antônio de Mello, do representante do Conselho Federal de Educação Física, Sergio Sartori, do representante da CBDU e CBDE, Luciano Cabral e do representante da Organização Nacional das Entidades do Desporto, Humberto Panzetti.
Presidente do CNE, o ministro do Esporte, Leandro Cruz, destacou os avanços obtidos pelo colegiado. “Nos últimos dois anos, o CNE avançou muito, fortalecendo-se como um verdadeiro fórum do debate do esporte brasileiro”, disse, destacando, em seguida, a inestimável colaboração dos conselheiros que estão saindo e desejando as boas-vindas aos que estão se incorporando.
– Essa é uma singela homenagem do CNE aos companheiros que nos ajudaram muito ao longo dos últimos tempos, para que o conselho tivesse se fortalecido e avançado de forma considerável – salientou o ministro.

Discurso – Pela primeira vez um sergipano conquista tal honraria. E Antônio Hora sente-se gratificado pela escolha. No discurso de posse, o secretário fez questão de agradecer à confiança do ministro Leandro Cruz, por indicá-lo para o órgão, destacando sua coragem, no episódio que pôs fim à Medida Provisória 841, que tirava recursos do esporte e os aplicava no recém-criado Fundo Nacional de Segurança Pública.
– É com muita satisfação que sou empossado e participo pela primeira vez dessa reunião do conselho, principalmente por conta do momento que o desporto passou recentemente. É importante destacarmos aqui, não só a importância, como também a liderança do ministro Leandro Cruz, que arriscou o seu cargo em prol do esporte brasileiro, ao se posicionar publicamente, contrário à MP assinada pelo Presidente da República, Michel Temer = disse Antônio Hora.
Hora destacou também a união das entidades representativas do esporte nacional, enfatizando o empenho do ministro para que esse momento fosse celebrado. “Nós, desportistas, temos a compreensão que em poucos momentos, ao longo da história, se viu algo nessa magnitude. Temos aqui vários setores do esporte unidos, tudo isso é graças a liderança e o desempenho do ministro que em pouco tempo, vem conseguindo fazer mudanças significativas no setor”, concluiu Antônio Hora Filho.
O ministro elogiou a atuação de Antônio Hora à frente da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude de Sergipe.  – — Para nós é uma enorme satisfação, Hora, contar com a sua presença no conselho. Além de ser um esportista de reconhecimento nacional, a sua atuação à frente do esporte em Sergipe comprova não só a sua capacidade de gestão, como também o seu preparo para compor o nosso time- disse Leandro Cruz.
O presidente da Federação Sergipana de Futebol (FSF), Milton Dantas, fez questão de participar da cerimônia, prestigiando a posse do sergipano Antônio Hora.

Outras Categorias:
Barroso Futebol Sergipano
Radialista e jornalista Barroso Guimarães começou no rádio esportivo em 1986, na Liberdade AM, na equipe esportiva de Carlos Magalhães.