Última Hora

Pombo sem Asa

Por: Barroso Futebol Sergipano - March 10, 2016

Washington 250314

Washington Nascimento

Faltou num, sobrou no outro

Faltou humildade ao Sergipe. Sobrou humildade no Confiança.

O Sergipe entrou em campo classificado para a fase final do campeonato.

Precisava apenas de um empate.

O Socorrense precisava vencer.

Tinha que partir prá cima do adversário, em seu estádio, na sua casa.

Prá quem só vinha jogando bem em casa, era um desafio e tanto.

Consciente, começou fazendo o seu primeiro gol.

Assustou ao Sergipe, que não podia perder.

Que reagiu e empatou o jogo.

Mas, decidiu não se sabe porque, vencer a partida que só precisava empatar.

Encurralou o Socorrense.

Abusou de perder oportunidades.

Desde pênalti, a contra ataque de 5 contra 3.

Foi dando espaço e mostrando ao Socorrense que o bicho não era tão feio.

Resultado: final de jogo tomou um contra ataque mortal.

Socorrense ampliou o placar e passou a fazer o que o Sergipe deveria ter feito:

Não teve vergonha de chutar para todos os lados, desde que fosse prá longe da sua área.

O desespero tomou conta do time colorado.

Em campo e nas arquibancadas, o desanimo se tornou forte.

Choro, lágrimas, realidade dura e punitiva.

Faltara a humildade de apenas empatar e levar.

Buscou vencer, sobrou arrogância, perdeu o troféu, a classificação, o calendário de 2015.

-o-

No outro jogo da semifinal, sobrou humildade para o Confiança.

Começou perdendo o jogo.

Abriu o placar.

Vacilou e levou o gol de empate.

Precisava vencer, fazer mais dois gols.

Sentiu a realidade.

Humilde, não se entregou.

Juntou forças, uniu corações.

Buscou a vitória. Prá cada um, para o time, para a torcida.

Brilha a estrela dos que têm humildade.

Quando poucos acreditavam.

O time que tinha perdido seu guerreiro maior ainda nos vestiários.

Foi valente, determinado, brigador, humilde para ver o que realmente precisava.

No apagar das luzes.

No fechar das cortinas.

Já encerrando o espetáculo.

Hora do ato maior: o terceiro gol.

Explodem jogadores em campo, explode sua torcida no estádio e em todos os quadrantes no mundo.

O Dragão alcançara seu objetivo, venceu, ganhou, levou o troféu e a classificação para a grande final.

Parabéns Socorrense!

Parabéns Confiança!

Parabéns Edmilson e Betinho!

Parabéns Washington e Luiz Roberto!

Parabéns Siris e Proletários!

Parabéns aos Humildes!

Outras Categorias:
Barroso Futebol Sergipano
Radialista e jornalista Barroso Guimarães começou no rádio esportivo em 1986, na Liberdade AM, na equipe esportiva de Carlos Magalhães.