Última Hora

Sabiá terá todo apoio do governo do estado para tentar um novo recorde

Por: Barroso Futebol Sergipano - March 10, 2016

Maior nome do pára-quedismo brasileiro, Luiz Henrique Tapajós, o Sabiá está radicado em Aracaju, onde desenvolve junto ao presidente da Federação Sergipana de Pára-quedismo, Fernando Enamoto, um trabalho de divulgação e desenvolvimento desse esporte, tornando-o mais popular e atraente junto ao público de todas as idades.

Com mais de 20 mil saltos realizados, Sabiá tem no seu currículo o recorde brasileiro e sul-americano de salto em formação conquistado o ano passado na cidade de Perris Valle, na Califórnia. “Foi um salto magnífico. 103 pára-quedistas de todo o Brasil, formaram uma estrela de seis pontas. O nosso objetivo agora é aumentar esse número de participantes na próxima competição. Hoje o recorde mundial é uma formação com 400 pára-quedistas”, lembra Sabiá.

Além de Sabiá, outros três sergipanos, integrantes do grupo baseado no Aeroclube de Aracaju, participaram dessa façanha na Califórnia: Fernando Enamoto, Luis Henrique Almeida e Rodrigo Cabral.

– Este ano, talvez com uma equipe maior, vamos tentar quebrar esse recorde. Estamos treinando para isso e posso dizer que nenhuma outra região do Brasil possui características tão propicias, para a prática do pára-quedismo, como o estado de Sergipe, tanto na capital, como no interior, elogia Sabiá.

Ele destacou as condições climáticas, velocidade e direção dos ventos, visibilidade e espaços públicos, como as belas praias na capital e recantos deslumbrantes no interior. “Isso sem contar o carinho do povo sergipano e a boa acolhida do pessoal da Aeronáutica, que sempre libera o espaço aéreo, além do apoio do Comandante Virgilio, do GTA-PM”.

Apoio – Esta semana, Sabiá e o presidente Enamoto visitaram o secretário do Esporte e do Lazer, Maurício Pimentel. “Trata-se de uma visita de cordialidade, para divulgação do nosso esporte, falar das conquistas e das ações em Sergipe, mas ao mesmo tempo solicitar o apoio do governo do estado, para que Sergipe possa mais uma vez, marcar presença no campeonato mundial e promovermos algumas ações em eventos na capital e no interior. Esperamos sucesso nessa parceria”, disse Enamoto.

O secretário Mauricio Pimentel agradeceu a visita e disse que o governo Jackson Barreto agradece e espera sucesso dessa parceira.

– Aqui estão dois ases do pára-quedismo mundial. Sabiá já fez saltos incríveis, façanhas inacreditáveis no Brasil e no exterior. Para nós, é uma honra muito grande, termos como nosso aliado no esporte, desenvolvendo o pára-quedismo em Sergipe.  O governo do estado, com certeza, não se furtará em dar o apoio necessário, quando solicitado, para que o pára-quedismo sergipano alcance índices mais altos de desenvolvimento ”, disse Pimentel.

Sabiá ministra aulas de pára-quedismo no Aeroclube de Aracaju, participa de saltos demonstrativos, de exibição e saltos duplos. “Cada salto, de uma altura de 18 mil pés – mais ou menos 6 mil metros – custa em média R$ 750,00, com direito a fotos e filmagem. É só nos procurar no Aeroclube”, disse Sabiá.

A próxima ação do Grupo de pára-quedistas sergipanos será no mês de fevereiro, na cidade de Itabaiana, nas festividades de inauguração da pista de pouso daquela cidade.

Homem pássaro fez saltos de todos os tipos

Nascido em 22 de novembro, 1970, o carioca Sabiá pratica esportes desde criança. Aos 15 anos de idade descobriu a queda-livre, decidido a realizar esse sonho, correu atrás não só realizar um salto, mas tornar-se um pára-quedista. Com sua experiência esportiva em 5 continentes, 22 países, conta com mais de 20.000 saltos de mais de 300 tipos de aeronaves diferentes.

Na modalidade BASE jump, já saltou dos prédios mais altos do mundo, das antenas mais altas do mundo, da ponte Royal George Bridge (a mais alta do mundo), montanhas, bondinhos, torres de observatórios, caixa d’ água, represas hidroelétricas, torres de alta tensão, entrada de caverna, brinquedos de parque de diversão, shopping center e guindastes, entre outros tantos objetos.

Recordista brasileiro e sul-americano de formação em queda livre, saltos de balão em várias categorias: maior altitude, menor altura do solo e maior quantidade. Recordista brasileiro de saltos de pára-quedas à baixa altura. Pioneiro no mundo em saltos de plataformas aéreas entre 2 balões amarrados e em salto de Bungee jump de um balão, desconectando o elástico após o efeito “ioiô humano” realizando uma queda livre até o acionamento do pára-quedas a menos de 100 metros de altura do solo, entre outros.

sabiá 5

Outras Categorias:
Barroso Futebol Sergipano
Radialista e jornalista Barroso Guimarães começou no rádio esportivo em 1986, na Liberdade AM, na equipe esportiva de Carlos Magalhães.